Pular para conteúdo principal

Seu carrinho

Seu carrinho está vazio.
Aperte aqui para continuar comprando.

Autocuidados que podem melhorar sua autoestima!

Autocuidados que podem melhorar sua autoestima!

A falta de autoestima e autoconfiança pode afetar todas as áreas de nossas vidas, desde relacionamentos, até o trabalho e a saúde mental.

Mas, há uma diferença entre os dois. Autoconfiança é acreditar em suas habilidades, enquanto autoestima é confiar em você mesma. Por exemplo, você pode ter a habilidade de cantar na frente de uma sala cheia de pessoas, mas não acredita que seja bom nisso.

No entanto, esses não são tanto traços de personalidade, mas habilidades que podem ser praticadas e aprimoradas. Pode ser um trabalho difícil, mas se você for paciente consigo mesma, existem vários cuidados para melhorar a autoestima.

No post de hoje vamos aprofundar nesse assunto e dar algumas dicas que podem te ajudar. Confira!

Qual é o significado de autoestima?

Você provavelmente já tem uma boa ideia, mas vamos começar do início mesmo assim: o que é autoestima?

A autoestima é um conjunto de pensamentos, sentimentos, emoções e percepções que temos de nós mesmas. É uma definição que vai da avaliação pessoal à física. Onde mais conseguimos fortalecer a nossa autoestima é na infância, isso será determinado pelas situações positivas ou negativas que vivemos nos primeiros anos de vida, por isso é que se deve trabalhar as emoções nas crianças, como alegria, tristeza, medo, raiva, entre outros.

Quando falamos sobre autoestima, enfatizamos segurança e autoconfiança. Mas é importante ressaltar que autoestima e autoconfiança não significam a mesma coisa. A segunda está associada aos objetivos e metas que nos propomos. Já a autoestima se refere à nossa própria percepção e aceitação de quem somos.

Porque as pessoas possuem baixa autoestima?

As causas da baixa autoestima podem ser difíceis de identificar, não existe uma causa única para todos e algumas pessoas sofrem por vários motivos. A seguir estão algumas (das diversas) situações comuns que afetam a autoestima, e familiarizar-se com elas pode ajudá-la nos cuidados para melhorar sua autoestima.

Pais não envolvidos / negligentes: em muitos casos e, principalmente, quando somos jovens, nossos sentimentos sobre nós mesmas são fortemente influenciados por como os outros se sentem e nos tratam — especialmente nossos pais ou responsáveis. Todos merecem uma família amorosa, mas algumas pessoas têm a infelicidade de não receber o apoio adequado em casa. Pais ou tutores com problemas de abuso de substâncias, ou outros desafios podem não ser capazes de fornecer aos seus filhos, os cuidados, orientação e atenção que eles precisam e merecem. Isso pode causar problemas significativos de autoestima futuramente.

Pares negativos: assim como a maneira como somos tratados pelos pais ou responsáveis ​​pode influenciar muito nossa autoestima, o mesmo acontece com a maneira como somos tratadas pelos colegas. Fazer parte de um grupo social que a rebaixa — por não respeitar você, por pressioná-la a fazer coisas com as quais não se sente confortável, por não valorizar seus pensamentos e sentimentos, etc. — pode fazer com que você sinta que algo está errado com você, ou que a única maneira de você ser amada é fazendo o que os outros querem e não dar ouvidos ao seu próprio coração e mente.

Imagem corporal: a imagem corporal é um fator importante na autoestima das pessoas, especialmente de nós, mulheres. Desde o momento em que nascemos, somos cercadas por imagens irrealistas de como as mulheres deveriam ser, qual é o tipo de corpo ou cabelo “ideal”. Os corpos das mulheres são constantemente objetificados na mídia, fazendo parecer que existem para os outros olharem, tocarem, usarem, etc. Quando a puberdade chega e nossos corpos começam a mudar, eles não se transformam no que vemos nas capas de revistas. Isso pode fazer com que você se sinta pouco atraente e inadequada.

Cuidados para melhorar a autoestima

Nos pontos a seguir, compartilhamos diferentes etapas sobre alguns cuidados para melhorar a autoestima:

1. Deixe os pensamentos negativos sobre você

Pensamentos negativos nunca serão um bom aliado para melhorar a autoestima. Procure focar nas características positivas que você encontra em si mesma, esse será o primeiro passo para aumentar sua autoestima.

Lembre-se de que todas nós temos pontos fortes e fracos em um nível físico e pessoal. O importante é que você se aceite como é e aprenda a se amar com suas vantagens e desvantagens!

2. Não procure perfeição, procure felicidade

Não existem pessoas perfeitas, todos os seres humanos são feitos também de imperfeições. Concentre-se em conquistar a cada dia uma versão melhor de si mesma, nos aspectos que você considera que deve melhorar, para aumentar a autoestima.

O importante é que você goste dos processos de mudança, que eles te façam feliz e te proporcionem bem-estar emocional.

Quando buscamos a perfeição, podemos traçar metas irrealistas, e isso só vai causar mais baixa autoestima, prestar atenção e dar a ela a importância que tem. Podemos nos frustrar facilmente, especialmente quando não alcançamos o que nos propusemos a fazer.

Rapidamente reforçará seus pensamentos negativos, aqueles que lhe dizem que você não é capaz, que não é útil, ou que nunca terá aquela imagem de si mesma que deseja.

3. Experimente novas situações

Quase sempre pensamos que sabemos o que gostamos, e o que não gostamos, por isso não corremos o risco de ter novas experiências.

O enriquecedor das novas situações é que sempre nos tiram da zona de conforto e nos mostram que há coisas diferentes que podemos gostar, que colocam a nossa autoestima à prova.

Corra o risco de sair dessa zona de conforto, experimente novas situações e experimente as habilidades que você pode ter escondido - e que, às vezes, nem sabia que existiam! 

4. Pratique o autocuidado

É muito importante ter uma rotina de autocuidado.

Mesmo se você estiver extremamente ocupada, procure dedicar alguns minutos do seu dia para se envolver em atividades que promovam a paz e o bem-estar. Isso pode incluir dar uma caminhada, ler um bom livro ou preparar uma refeição saudável.

Além disso, você deve cuidar de sua saúde física, dormindo uma quantidade adequada de sono, comendo os alimentos certos e cuidando da sua beleza - uma rotina de cuidados com o cabelo pode ajudar!

Ter uma rotina de autocuidado terá um efeito significativo em sua autoestima.

O que a autoestima elevada o ajudará a alcançar?

Claro, todas nós queremos sempre estar com a autoestima alta! 

Mas gostaríamos de encerrar este artigo deixando uma pergunta que é muito mais útil:

O que os cuidados com a autoestima ajudarão a alcançar? O que você seria capaz de fazer (ou fazer ainda melhor) se repentinamente tivesse uma autoestima super elevada?

Pense nisso e, depois, não se esqueça de nos contar as novas atitudes que você tomou para transformá-la! ;)

Continuar lendo

Cabelo em transição? 5 dicas para manter a calma e não se desesperar!

Cabelo em transição? 5 dicas para manter a calma e não se desesperar!

Dicas para pele, cabelos e unhas renovadas: faça um verdadeiro detox!

Dicas para pele, cabelos e unhas renovadas: faça um verdadeiro detox!

Produtos de beleza veganos: o que significa?

Produtos de beleza veganos: o que significa?

Comentários

Seja o primeiro(a) a comentar
Todos os comentários são moderados antes de serem publicados.